Voltarei em breve.



Escrito por Diego Massena às 11h14
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Madrid

Madrid/Villanueva de la Cañada - 1

    Bueno, tengo que intentar sólo escribir en español, mismo con los errores, pues las cosas no están muy fáciles jejee..Mira, primero tengo que hablar del vuelo. Un hombre tuve problema de corazón y ha salido..así, lo tardó mucho pues tenía que coger su equipaje aún. No llegué temprano en Madrid y ya sabes..Perdí el vuelo..Vale, un español dijo a Tap todo los nombres posibles "hijos de puta, de mierda, y ahí se va..". Conocí a trés chicas muy simpáticas y fueron mi compañia. Cogí un taxi hasta el hotel y entonces empezé a mirar la ciudad, los barrios..
    Cogí un metro hasta Moncloa y puedo decirte..Salvador debe tener un metro!!!!!!!!!!! Bien mejor.Mira, aquí, cuando pasas por la calle, los coches paran MISMO!!!!!!!! No creo. Y digo más..si el taxista pasa de la parada, o vas a la dirección errada, pausa el contador..Honestidad es eso, que bueno.
    Llegué a Villanueva de la Cañada, un pueblo cerca de Madrid..Los arrendadores están a todo lado, pero tus precios, puta mierda..Una habitación sólo 500 euros?? Ahhh, los estudiantes acá costumbram tener Mercedes, vale.La Universidad es perfecta, ni creo. Ya saqué mi fotografía..No aproveché la noche Madrileña aún, pues no quedome tranquilo un segundo.Mira, ahora tengo que almorzar y buscar una habitación..Después os contáis más..Quiero irme hasta Ibiza, pero no encuentro tiempo.Besos/Abrazos!



Escrito por Diego Massena às 09h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Indiretas Já: "Eu julgo, tu julgas, nós julgamos".

    Fala pessoal! Esse mês tenho aprendido muito. Em pouco tempo percebi coisas óbvias, daquelas que estão aí, em nossa cara, mas nunca vemos. Sempre julguei os outros, mas quando vi alguém muito próximo ser julgado sem poder se defender, passei a questionar quantas coisas já posso ter dito sem conhecimento de causa. O ser humano em si tem o costume de apontar o dedo e falar mal (do que não conhece,  claro). Grande parte abre a boca pra ofender, defender os direitos sociais, mas esquece de olhar a quantidade de besteira que comete diariamente. Nem vou comentar de uma piada chamada respeito, porque estou sem humor.
    Desde que me apresentaram a máxima “penso, logo sou egoísta”, descobri que todos estão sempre ocupados demais pra pensar em problemas que não sejam os seus. Contudo, quando esses casos bombásticos aparecem na mídia, é deflagrada uma revolta social e começam aqueles clamores por pena de morte. Todos agora se preocupam, não com a solução do conflito, claro, mas sim com a punição do “sanguinário safado”, nas palavras de um apresentador de TV. Claro que aqueles que desvirtuam devem ser punidos, mas punidos na medida de sua culpabilidade.
    Nelson Rodrigues uma vez falou:  ”amar a humanidade é fácil, difícil é amar o próximo”. Concordo plenamente e ainda justifico. Sabe por que essa dificuldade? Porque ainda não aprendemos a aceitar que somos diferentes e por isso possuímos necessidades distintas. De todo modo, a vida segue e vou conquistando esse mundão, agora julgando menos, refletindo mais e pensando grande..



Escrito por Diego Massena às 21h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Fulano

Indiretas Já: "Pô, eu queria ser igual a fulano".

    Fala meu povo. Pretendo agora escrever sempre exemplicando com umas experiências pessoais, pois ajuda a visualizar o que digo mais na prática. Bom, hoje falava no Messenger com uma colega e ela me disse que com certeza estava muito melhor atualmente do que há tempos atrás. Engraçado foi que ao mesmo tempo que me dizia isso, contava problemas o tempo todo. Ok, até aí tudo certo, afinal todos terão obstáculos a vida toda. Contudo, fico pensando quando iria escutar dela que estava tudo muito bem, muito feliz, apesar de tanta coisa..Percebo que buscamos estar com a vida perfeita a todo momento e ficamos nos comparando com os aparentemente perfeitos(sim, duvido que você nunca tenha olhado pra alguém e pensado: "caramba, queria ser igual a você"!). Ontem mesmo vi alguém e falei: "caramba, X não deve ter problema nenhum, queria ser assim". Hoje, analisando por outro ângulo, percebi que pensar assim é perca de tempo e nos diminui desnecessariamente, já que todo mundo tenta se mostrar, em diversos momentos, como alguém que não é. Veja bem, lembrei agora de uma garota que vi no Orkut, super tímida, que não gosta muito de sair e só fica assistindo televisão. No seu quem sou eu tinha escrito o seguinte: "sou hiperativa e não paro 1 minuto em casa, amo sair" rsrs. O que dizer disso?
    Olha, sigo a filosofia que devemos observar como estamos e fazer uma reflexão. Caso constatemos que merecemos mais, não podemos nos acomodar. "A vida é muito para ser insignificante". Temos o privilégio de não ser ninguém e sim estar alguém. Hoje estou assim, amanhã não preciso estar mais dessa forma. Hoje eu quero, amanhã não mais. É magnífico manipular o nosso destino, tê-lo em nossas mãos e surpreender a todos. Sabemos que todos resistem às mudanças, mas isso não importa. Trace seu próprio caminho, como desejar, sem medo. Muitas vezes nossas escolhas podem gerar consequências duras, por isso também não seja inconsequente. O ideal é aliar nossos desejos às oportunidades. Sempre que surgir algo bom, abraçar sem medo e na fé. Conheço várias garotas que gostariam de liberar geral, pegar todos, mas não o fazem para não parecerem fáceis demais. Porém, essas mesmas garotas são as primeiras a xingarem as outras que fazem isso. Quem entende? Quer curtir, curta, sem medo. Deixe que digam, que pensem, que falem..Quem está fazendo sucesso é quem? Você ou quem fica sonhando ser igual a você rs?
    Concluindo, hoje desejo que cada um viva o seu presente e esqueça o passado..Pensar no futuro é bom, mas só pensar no que for preciso, pois daqui a pouco chegamos lá em frente e percebemos que só queríamos ser como éramos. Triste isso. No mais, "viva la vida". Até mais.



Escrito por Diego Massena às 13h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


    Estou mudando tudo por aqui. Confiram.

    Grande Abraço!!



Escrito por Diego Massena às 19h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Egoísmo

 Indiretas Já: "O egoísmo essencial da vida".

    "Gostaria hoje de falar sobre algo muitíssimo importante nas nossas vidas: nosso amor próprio. O triste é que algumas pessoas confundem isso com egoísmo, egocentrismo. Eu não concordo.Você é uma criatura divina, essencial ao Universo, e tem todo direito de se cuidar e se proteger. Mais: você tem todo direito de se dar o máximo valor; de se importar consigo próprio, de fazer o possível para se sentir bem e feliz. Apenas quando você estiver se sentindo bem e feliz, poderá oferecer ao mundo externo sua essência, sua natureza mais sublime. Portanto, você tem todo o direito de se cuidar e de se valorizar.
    A primeira coisa para isso é se amar! Parece frase-jargão, mas é isso mesmo, não tem outro passo antes desse. Você precisa se dar o valor que merece - você é um ser com infinitas possibilidades, você raciocina, tem todo potencial para ser desenvolvido, então comece desde já. Vá em busca dos seus verdadeiros sonhos.
    Pegue um papel, e anote as coisas que você quer! Tudo que você quer alcançar. Sinta que você pode, porque você pode sim! Você pode tudo. Mas é preciso querer, é preciso decidir seus objetivos, e traçar METAS. É como meu amigo Carlos, do IGrana, fala em seu excelente post sobre metas e desejos [ link para o post ].
Ele diz: “Desejos são mais vagos e por isso mesmo mais difíceis de serem alcançados. Algo como “quero ser feliz”, “quero ter dinheiro” é algo vago demais para dar a motivação necessária a ação. Oque é ser feliz? Quanto de dinheiro?Um dos primeiros passos para termos metas e alcança-las é saber oque queremos exatamente”.
Essa frase, do Washington Irving, traduz tudo: “Os grandes espíritos têm metas. Os outros apenas desejos.” 
    Então, quais são as METAS da sua vida? Comece já a traçá-las, sem ter medo de que não se realizem no tempo determinado! Tudo é possível, basta você acreditar (outra frase-jargão, porém, é a mais pura verdade).
    Comece desde já a se cuidar: tire uma horinha do dia para uma caminhada; você se sentirá revigorado. Coma coisas mais saudáveis; procure um momento de contato maior com a natureza - seja numa praia ou qualquer outro lugar em que você se sinta mais ligado a ela. Você se sentirá energizado, pronto para correr atrás dos seus objetivos. Algumas atitudes pequenas podem dar uma força extraordinária no nosso dia-a-dia, precisamos buscar esses detalhes e incorporá-los nas nossas vidas.
    Ame-se, o resto vem por consequência".

    Fonte: Blog Além do Segredo



Escrito por Diego Massena às 07h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Indiretas Já: "Porque metade de mim é amor e a outra metade... também".

Metade
Oswaldo Montenegro  

"Que a força do medo que tenho não me impeça de ver o que anseio.
Que a morte de tudo que acredito não me tape os ouvidos e a boca.
Porque metade de mim é o que eu grito, mas a outra metade é silêncio.

Que a música que eu ouço ao longe seja linda, ainda que tristeza.
Que a mulher que eu amo seja sempre amada, mesmo que distante.
Porque metade de mim é partida e a outra metade é saudade.

Que as palavras que eu falo não sejam ouvidas como prece nem repetidas com fervor.
Apenas respeitadas como a única coisa que resta a um homem inundado de sentimento.
Porque metade de mim é o que eu ouço, mas a outra metade é o que calo.

Que essa minha vontade de ir embora se transforme na calma e na paz que eu mereço.
Que essa tensão que me corrói por dentro seja um dia recompensada.
Porque metade de mim é o que eu penso e a outra metade é um vulcão.

Que o medo da solidão se afaste, que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável.
Que o espelho reflita em meu rosto o doce sorriso que eu me lembro de ter dado na infância.
Porque metade de mim é a lembrança do que fui, a outra metade eu não sei...

Que não seja preciso mais do que uma simples alegria para me fazer aquietar o espírito.
E que o teu silêncio me fale cada vez mais.
Porque metade de mim é abrigo, mas a outra metade é cansaço.

Que a arte nos aponte uma resposta, mesmo que ela não saiba.
E que ninguém a tente complicar porque é preciso simplicidade para fazê-la florescer.
Porque metade de mim é a platéia e a outra metade, a canção.

E que minha loucura seja perdoada.
Porque metade de mim é amor e a outra metade... também."



Escrito por Diego Massena às 12h36
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Indiretas Já: Tem gente que precisa ir pro palco, assumir seu papel.

     Hoje parei pra pensar e vi que nosso dia-a-dia é realmente uma caixa de surpresas. Por mais que estejamos convictos de algo, surge outra coisa pra nos deixar em dúvida. E assim a dúvida gera mais dúvidas e forma-se um grande ciclo de mistérios. Não sei bem se isso é bom, mas acredito que tudo depende da descoberta que fazemos. Quando toda aquela confusão de pensamentos nos permite descobrir algo bom, que estava em nossa frente e não percebíamos, ótimo, perfeito; no entanto, se a descoberta é decepcionante, é difícil encarar de frente a realidade.
    Quando falamos do nosso eu, geralmente criamos uma espécie de armadura para se proteger de críticas. Somos aquilo que achamos que somos e ponto final. Contudo, é aí que o bombardeio começa. Em certos momentos erramos, esquecemos de encenar, de atuar, e ficamos desarmados, expostos. Rapidamente os outros percebem a situação e desmontam todo o personagem criado com tanto esforço. As vaias surgem, nosso desespero começa. Bom, o drama poderia continuar, mas vou dar outro desfecho a essa história. Nesse momento, respiramos duas vezes e nos acalmamos de novo. Paramos, pensamos, refletimos com nossos erros e tentamos recomeçar. Esse é o sentido da vida, o nosso diferencial. Podemos mudar a todo momento, pois nunca é tarde pra viver bem.
    Hoje, dia de lavagem do Bonfim, sugiro que faça uma limpa em tudo que não é bom pra você. Esclareça dúvidas, descubra o novo. Um vencedor não pode sempre estar na platéia; precisa atuar, ser palco, controlar a sua vida. Quem sabe com essas mudanças você não encontra o que mais procurava..



Escrito por Diego Massena às 14h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Indiretas Já: Se eu não estivesse fora de moda..

     O primeiro texto de 2009 demorou, mas chegou. Escolhi a dedo o que iria postar, pois desta vez não escrevi. Queria algo novo, e como existe tanta gente que escreve tanta coisa boa, não tem porque me prender aos meus pensamentos apenas. Contudo, antes de divulgá-lo agradeço a cada um que passou por aqui no ano de 2008 e contribuiu comigo, dispensando um tempinho para ler cada palavra que coloco. Agora vamos lá..Vejam bem cada linha do que segue abaixo:

    "Se eu não estivesse fora de moda..Eu iria falar de AMOR.
    Daquele amor sincero, olhos nos olhos, frio no coração.
    Aquela dorzinha gostosa, de ter muito medo de perder tudo.
    Daqueles momentos que só quem já amou um dia, conhece bem.
    Daquela vontade de repartir, de conquistar todas as coisas...
    Mas não para retê-las no egoísmo material da posse, mas doá-las, no sentimento nobre de amar.
    Eu iria falar de SINCERIDADE.
    Sabe, aquele negócio antigo de fidelidade, respeito mútuo,e outras coisas mais.
    Aquela sensação que embriaga mais que a bebida.
    Que é ter, numa pessoa só, a soma de tudo que as vezes procuramos em muitas.
    A admiração pelas virtudes, aceitação dos defeitos.
    E sobretudo, o respeito pela individualidade, que até julgamos nos pertencerem, sem o direito de possuir.
    Eu iria falar em AMIZADE.
    O apoio, o interesse, a solidariedade de uns pelas coisas dos outros e vice-versa.
    A união além dos sentimentos e a dedicação de compreender para depois gostar.
    Eu iria falar em FAMÍLIA.
    Pai, mãe, irmãos, irmãs, filhos, lar...
    O bem maior de ter uma comunidade unida pelos laços sanguíneos e protegidas pelas
bênçãos divinas.
    Um canto de paz no mundo, o aconchego da morada, a fonte de descanso e a renovação das energias.
    E depois...
    Eu iria até, quem sabe, falar sobre algo como...
    a FELICIDADE.
    Mas é pena que a felicidade,
    como tudo mais, há muito tempo já está fora de moda.
    Sabe de uma coisa...
    Me sinto feliz por estar tão fora de moda.
    E você?
    Também está fora de moda como eu?
    Espero que sim!!!".



Escrito por Diego Massena às 10h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Indiretas Já: "Rapaz, está tudo fora do planejado".

   Depois de um período conturbado, escreverei sobre a imprevisibilidade do destino..É engraçado como as coisas ocorrem totalmente diferente do que planejamos. Pedimos uma coisa, vem outra..desejamos alfa, vem beta..Segundo a lei da atração, isso ocorre porque não estamos atraindo na intensidade certa o que pedimos. Tudo bem, já sabemos então o porquê desse troca-troca de pedidos acontecer..mas como lidar com esse acontecimento tão comum?
    Quando a questão envolve amizade, lidar com essas controvérsias é uma tarefa complicada. Não é fácil aceitar menos do que você esperaria de um grande amigo..dói, e dói mesmo. Nesses casos a decepção é grande demais, e pra superar, cada um deve ter a sua forma, o seu jeitinho..Não há fórmulas mágicas para justificar coisas injustificáveis.
    Nos casos de relacionamentos, o destino também prega cada peça..Sabe aquelas idealizações que você sempre fez da pessoa certa? Pois bem, na hora que a pessoa aparece, tudo é completamente diferente. Então a gente para e fica pensando que loucura estamos fazendo..com tanta gente fácil, por que procurar dificultar? E aí vamos procurando várias saídas, mas como Ana Carolina diz, "a cada vez que eu procuro uma saída, acabo entrando sem querer na sua vida".
    Em todo esse contexto, o fundamental é ter coragem pra enfrentar os obstáculos inesperados que surgem pelo meio do caminho. Se você for ousado o suficiente para isso, terá um futuro extraordinário. "Nem sempre a razão conhece o caminho correto para a ação. Há momentos em que só saberemos como agir após termos dado um primeiro passo em direção ao desconhecido".



Escrito por Diego Massena às 01h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Indiretas Já: “Fomos ensinados a acreditar que o negativo é igual a realista e positivo é igual a irrealista”.

 

    Antes de começar, quero agradecer a todos os recados, lembrando que a partir do fim do mês vocês poderão conferir as respostas aos seus comentários no próprio espaço que os fizeram.

    Bom, atualmente tenho me focado no manual do líder disponibilizado por Gerson Gabrielli, e foi daí que tirei o tema de hoje. Em tempos de violência, corrupção e incoerências, aprendemos a aceitar que as coisas são assim e não tem nada que se possa fazer. Os que sonham, tentam fazer diferente, são taxados como utópicos, loucos mesmo. Lembro que meus pais sempre criticaram minha postura de primeiro acreditar, confiar. E confesso que em diversos momentos errei mesmo, dando crédito a quem não deveria. Mas e aí? Somente por isso devo considerar que as coisas ruins são a regra, e a boas são a exceção? Claro que não!!!!

    Muitos podem até duvidar das palavras do livro “O Segredo”, mas acho interessante repensar esse posicionamento. Somos uma espécie de ímã e tudo que pensamos, atraímos. Não é por acaso que as coisas acontecem, não se iluda. A sorte é você quem cria; pediu, acreditou, recebeu.

    Portanto, exercite seu ponto de vista positivo, seja ousado. Pense no seu maior objetivo e esqueça os obstáculos. Não se contente em ser realista, como sugerem. Busque a ambição, não tenha medo. Deus jamais te daria um sonho que você não tivesse a capacidade de realizar.

    Um forte abraço!



Escrito por Diego Massena às 18h25
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


    Hoje não lançarei indireta e me contentarei em escrever pouco, pois estou muito pirado com a tragédia envolvendo Eloá, de 15 anos. O que foi aquilo? Difícil comentar o caso, ainda mais que não quero ser uma metralhadora giratória de críticas. Houve falha de todos os lados. No fim das contas, mais um anjo no céu. Pelo visto meu sonho de ser defensor público será mais desafiador do que imaginava. Desde já mando uma energia positiva para todos amigos e parentes de Eloá, alem de eternos aplausos para Nayara, que sem dúvida orgulhou a todos com sua atitude. Confiram um vídeo feito pelos amigos das meninas.

              "GUARDA SEU AMIGO SOB A CHAVE DE SUA PRÓPRIA VIDA".



Escrito por Diego Massena às 13h46
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Indiretas Já: O certo mesmo é o futuro incerto

 

    “João amava Teresa que amava Raimundo

    que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili

    que não amava ninguém.

    João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento,

    Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,

    Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes

    Que não tinha entrado na história”.



Escrito por Diego Massena às 22h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Indiretas Já: E tome palavrão, tome..

 

        Em épocas de eleições fiquei abatido quando alguns candidatos que não foram eleitos deram entrevistas. O semblante de dor, de tristeza, acompanhado dos olhos inchados, vermelhos, era horrível. É incrível como julgamos aquele político como isso ou aquilo e esquecemos que por detrás daquela figura pública está um ser humano, igual a nós, repleto de defeitos, de qualidades, de sentimentos. Esquecemos que em algum momento de nossas vida ficamos iguais a ele, procurando um novo rumo. Seja nos concursos, nos relacionamentos, na vida profissional ou em qualquer hora, tivemos que levantar a cabeça e seguir em frente. O mundo não para enquanto nos recuperamos, então não podemos parar.

    Quando acompanhava as apurações os valores pareciam ter sido invertidos. Tudo parecia agora um jogo de futebol, e cada percentual era um gol marcado. O ofendido agora não eram os árbitros, e sim os candidatos. Sem dúvida o descrédito nos políticos causou essa balburdia, mas é preciso por o pingo nos is. Como o cara lá, que não te fez nada, é um “ladrão, filho da puta”? Sinto lhe informar, mas você gasta muito e gasta mal seu estoque de palavrões. Pra ser sincero a vocês, atualmente só fiquei irritado com a votação de uma candidata que mandou o povo “relaxar e gozar” enquanto diversas famílias corriam o risco de perder seus parentes em uma crise aérea.

    Estou me comprometendo a levar os candidatos mais a sério, exceto aqueles que nem sabem a que estão se candidatando. Caso você possua suas ideologias, defenda, lute, seja um líder de opinião. Lembre-se sempre do respeito, aquele premissa mínima que devemos ter perante nosso semelhante. E se por ventura achar que tudo que falei for conversa fiada, torça pra não ser o próximo candidato ou amigo do candidato, porque nesse caso você vai conferir como foi que “a casa caiu”.



Escrito por Diego Massena às 20h25
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Indiretas Já: “...ainda que eu falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria”.

 

    Como é bom falar de amor, essa mistura de emoções que une amigos, namorados, parentes..Aquele “fogo que arde sem se ver, um contentamento descontente”, como diria Camões. Tento buscar as palavras, mas amar é muito mais sentir do que dizer. Eu particularmente sou um fã incondicional do amor, pode apostar. No entanto, quando a história é relacionamento, a situação complica.

    Quando gostamos de alguém montamos muitas vezes um estereótipo do ser perfeito..Ficamos com altos pensamentos e planos. Se no telefone é bom, imagina bem pertinho, sentindo o calor, sem medo de ser feliz (podem imaginar kakaka). Pra completar, lembramos o tempo todo daqueles apelidos esquisitos, do estilo princeso, momuxa, molica, gambazinha (faz parte). Contudo, é fundamental perceber que todos erram e guardam consigo personalidades diferentes, distintas. E assim, só cedendo, dialogando, negociando, um equilíbrio pode ser encontrado.

    Por falar em diálogo, toda relação se constrói a dois. Nosso amor é nossa companhia, nosso forte, e não uma múmia. Seja por sinais, seja verbalmente, não importa a sua tribo, o bom mesmo é conversar. Duvido que você esteja olhando um pouco mais além do seu umbigo, além do que se vê.

    Enfim, vá amar, mesmo que não seja alguém. Ame sua vida, sua profissão, sua rotina. Ame o que quiser. E se não conseguir amar o que mais gostaria, não se preocupe..Você não está sozinho!



Escrito por Diego Massena às 11h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Quem sou eu:
Diego Massena
Estudante de Direito

Histórico de Textos


    Votação
    Dê uma nota para
    meu blog



    Eu recomendo
     Clique aqui e divulgue esse espaço na UOL
     Ah se eu piso na Globo..


    Sonda Web - a sua melhor selecção de sites



    Online